20100129

: Lembranças :


Rodrigo Leão - Memórias



Memórias são de todas as cores!


Cegonhagarajau, já que falaste.. Afinal a nossa vida trata-se disto mesmo.. nós somos o que as nossas lembranças fazem de nós. E "fazem de nós" implica as marcas que deixam no nosso cérebro e consequentemente na pessoa que somos. Transformam-nos, mais ou menos. Se não tivessemos caido do barco, recebido aquele abraço, conhecido aquela pessoa, seriamos menos-nós. Seriamos, tal como num mundo paralelo, onde possivelmente se passam os "se's". Aqui somos essas lembranças.
Eu considero a memória dos sentidos algo totalmente fantástico, os flashes em forma de sensações. O mais fascinante é a capacidade do nosso cérebro nos dar a sensação e sentimento produzido por determinada estimulação sensorial e não dar a memória em si.
Eu tenho, caracteristicamente, um olfacto extremamente apurado, pelo que a maioria das minhas memórias são olfactivas. Está comprovado que as memórias que incluem lembrança de odores têm tendência para ser mais intensas e emocionalmente mais fortes, uma vez que estão compreendidas pela parte mais antiga do cérebro.

Posso fechar os olhos e lembrar-me de determinada pessoa, do jantar na casa da minha avó, o champô que usava depois de nadar no mar, pelo cheiro e pela brisa mais suave ou mais densa [nem consigo explicar convenientemente esta sensação]; do filme que vi no cinema sempre associado ao odor da pessoa sentada ao meu lado. E o nosso cérebro faz isto tudo. O Sistema Límbico, localizado no cérebro sempre me despertou mais interesse do que qualquer outra componente cerebral, sendo o responsável pela memória e emoções. Estava no café e alguém entrou. Não vi quem, mas o odor provocou em mim um sentimento de carinho que me fez respirar fundo. E nenhum flash de memória. Mas o sentimento estava produzido. A Amígdala faz parte do dito Sistema Límbico e é o centro identificador e produtor da emoção, associada a uma memória. O Hipocampo, por seu lado retém as memórias. Quando esta última estrutura é danificada pode permanecer apenas a emoção associada, produzida pela Amígdala, emoção essa que esteve outrora relacionada a determinada memória e ao efeito por ela produzido. Isto nem sempre é tão linear porque existem também outras estruturas envolvidas.

E como não temos de nos lembrar de tudo, às vezes fica apenas a emoção relacionada. Eu por cá, não desisto enquanto não recuperar a memória dessa sensação. O cérebro é ou não é uma coisinha interessante?


O cheiro de agrião na sopa lembram-me o jantar na casa da minha avó;
O cheiro a peixe no quintal e a espinha espetada no pé lembra-me a casa na ilha;
O cheiro a flores amarelas secas lembra-me fins-de-tarde;
Um relato de futebol na rádio lembra-me as tardes de Domingo que o meu pai não passava em casa;
O cheiro da madeira lembra-me a casa de "tacos" quando eu era pequena;
A madeira quente misturada com tinta ressequida lembra-me quando me escondia debaixo dos barcos na ilha, onde era a minha casinha;
Chinelos amarelos lembram-me quando quase morri sugada por areias movediças;
Tudo isto me lembra quem sou.

20100126

: Vista da minha cama :


Pena a fotografia nunca representar o que vemos na realidade e deixar o belo tão mais longe. Esta é a vista da minha cama, que muito me agrada.




: Wake up dead woman :




Maria João e Mário Laginha - Wake up dead man



Jesus, Jesus help me
I'm alone in this world
And a fucked up world it is too
Tell me, tell me the story
The one about eternity
And the way it's all gonna be

Wake up, wake up dead man
Wake up, wake up dead man

20100125

: Bloc Party :



Bloc Party - She's hearing voices


Bloc Party. Um dos meus grupos musicais preferidos, o puro indie-rock, retratado nestas quatro personagens - Kele Okereke, Russell Lissack, Gordon Moakes e Matt Tong - que já tive oportunidade de ver num concerto que me levou a voz e a energia. São rapazes bem comportados que não dão nas vistas por maus motivos, o que me faz apreciá-los [ainda mais].

Estes britânicos inspirados por Joy Division, The Cure e Sonic Youth, banham-nos com esta estupenda e positiva energia musical que me vibra a alma. Agarrei-os na Fnac, logo que lançaram o seu primeiro album Silent Alarm, em 2005, tendo cada uma das músicas me convencido imediatamente. Em 2007 lançaram Weekend in the city e em 2008 Intimacy. Gosto especialmente do primeiro e segundo album, mas não deixam de me surpreender. Não deixem de os conhecer!

Em Portugal surgiram com a música Banquet, utilizada para a publicidade à Vodafone:


Pronto, e deixo só mais uma [porque não posso pôr todas]..

Bloc Party - Song for Clay

: She stole my voice :


Crimes que não pensamos que existam ou que sequer queremos acreditar.. Um documentário acerca de violações de lésbicas. She stole my voice, realizado por Justine Chang e Armand Kaye.
Não aconselhado aos mais sensíveis.


Ler mais aqui.

20100124


Aaaaaaaaah! Será isto o meu primeiro cabelo branco???

20100123



[...] Pensa nas nuvens, digo. Mas no fundo não estou a pensar em nada de concreto. Continuo, pura e simplesmente, a correr nesse confortável vazio que me é tão familiar, no interior do meu nostálgico silêncio. E isso é qualquer coisa de profundamente maravilhoso. Digam o que disserem.

Haruki Murakami, em Auto-Retrato do Escritor




Lovin' Spoonful - Didn't want to have to do it

20100121

: Cores vitais :


Limerick, Irlanda - Fev. 2009




os meus Blonde Redhead - Girl Boy


Todos os dias têm sido iguais. Alegra-me a vista que tenho da minha cama.. Ilha sozinha no meio do mar, o mar, o melro preto escuro de bico laranja forte que saltita pelos telhados verdes vivos do musgo, os restantes pássaros castanhos amarelos dourados que brincam com as penas ferventes do sol, o sol que aquece árvores sorridentes e faz florescer o bom estado de espírito de quem passar. Não posso pisar a rua mas recordo-me do odor lançado pelo esvoaçar do meu cabelo castanho por força ruivo, que provoca o vento que sai da toca e faz subir o sol universal, que faz respirar e cantar os pássaros e crescer folhas nas árvores, rapidamente. Verde claro, médio e escuro forte.


Acabei de ser prendada com Smarties Com Cores da Natureza, eheh!

20100120

: Abraçar a vida :




Seu Jorge - Life on Mars

: Pneus para trocar :


No dia 14 fiz o teste da gripe A. Não tenho. A febre a subir.. a medicação não faz efeito. No dia 15 vou ao Centro de Saúde e digo que não tenho melhorado. Mandam-me de novo para a Equipa da Gripe. Perguntei se estavam a brincar - "minha senhora acabei de lhe dizer que o teste deu negativo..." ao que em dois segundos tenho a administrativa a fazer o diagnóstico de um falso negativo. Por contravontade fui para a Equipa da Gripe que me mandou de volta. Lá me atenderam. Faça lá xixi para este copinho, diz o Sr. Doutor. Você tem aqui uns leucócitos e isto deve ser um princípio de infecção urinária. Tome também este antibiótico.

No dia 18 estava lá caída com uma grande falta de ar e depois da triagem os médicos dizem-me que não me vão atender e para eu voltar no dia seguinte que é o horário de atendimento do meu médico de família.. Eu disse que não saia dali! Se estou com falta de ar tenho razão para ali estar. Uma enfermeira era a única preocupada e lá conseguiu arrancar um médico da sala que me mandou imediatamente fazer um Rx ao Tórax. PNEUMONIA.


Era o princípio de Pneumonia e não de uma Infecção urinária you f***in' idiots. Vou começar a escrever a reclamação.

Mas vou sorrir porque podia ser pior!

20100115

: Dormir a três :


Uma numa almofada, a outra noutra e a gata também, como se fosse uma pessoa. Cabecinha na almofada e esticadinha ao meu lado. E de vez em quando suspira. Tão lindinha.

20100108

: A decorar: 8 de Janeiro de 2010 :

E este dia vai ficar para a história. E só tinha de ficar porque..

20100106

Hoje vinha a ouvir esta música que adoro e decidi partilhá-la.. enche a alma!




Fairground Attraction - It's got to be perfect

20100105

Cada vez que te olho relembro porque te amo.

: Janeiro de Cima :


Volcano Choir - Husks and Shells

Em Janeiro de Cima



Às vezes acho mesmo que tenho uma maneira diferente de ver as coisas. Ouço dizerem: Para visitar estes sítios devia era estar sol. Não, não devia. A beleza é mesmo essa, o verde, a humidade, a chuva que cai miúda, as pedras molhadas no solo, a corrente do rio mais viva que o habitual, os barcos que não se querem soltar, a pele dos pés molhada, o cheiro a chuva e terra molhada.
Depois penso se será um problema meu ver e sentir tudo desta forma. E pensar que muita gente não compreende. O saber apreciar as coisas de olhos fechados e sentidos alerta.
E questionarem: Estás a fotografar pedras!?
Bah.
Ainda assim, diferente ou não, sou mais feliz assim, inspirando pormenores à minha volta.

20100102

: 7 cores :


Na vinda para cá vimos o arco-íris completo.. E demos as mãos.


Se não se lembrarem da ordem das cores do arco-íris utilizem a ajuda "vermelho lá vai violeta".. o l-a-v-a-i significa laranja, amarelo, verde, azul e indigo. Assim não esquecem!

20100101

: Os cinco pontos finais :



A-ha - Take on me


Acerca da passagem de ano:

Ponto nº 1 - Engoli 12 passas e não me lembro de nenhum desejo que tenha pedido porque ou bem que engulo e peço os desejos ou bem que me dão beijinhos para comemorar. As duas não dá!
Ponto nº 2 - Os Touros e os Escorpiões vão ter um ano em cheio em 2010. Por isso parabéns! E eu também faço parte.
Ponto nº 3 - O meu ano já começou bem..
Ponto nº 4 - A companhia foi muiiito aceitável..
Ponto nº 5 - Fim da noite 6 da manhã, sendo que a última hora foi a melhor. Viva os elevadores que nos carregam para cima e para baixo, viva os amigos e viva o arriscar!



Be gentle on me.
Quanta dissimulação (o equivalente a dizer: fingir que não vê, não ouve ou não sente).