20101107

: Phoebe Killdeer and the short straws :

: Gata com fogo no cu :


É algo literal.
A gata pegou mesmo fogo..
A tentar salvar o fondue e o contexto circundante puxa-se da lamparina e a bicha passa por cima dele qual leão num arco de fogo. Agora tem tufos de pêlo chamuscados e cheirava a porquinho assado no final. Mas eu já não tinha fome.

20100927

: Águas :



Libera - Air (Bach)

Pego do Inferno - Tavira

A cascata cai através de mim e, ao percorrer lentamente o olhar pelo meu corpo sinto o tom esverdeado da água a percorrer o meu estado de espírito. Cada um dos meus dedos liberta a sua limpidez e escorrem o excesso.

Cheira a nuvens e algodão, nuvens arrastadas pelos meus dedos rasgando o espaço azul, invadindo o meu olhar.
A poça de água que sai do meu corpo forma o meu reflexo. Pouco nítido.

20100822

: O lado 'azul' dos Led Zeppelin :



Led Zeppelin - You shook me


You Shook Me

You know you shook me
You shook me all night long
You know you shook me, baby
You shook me all night long
You shook me so hard baby
Baby, baby, please come home

I have a bird that whistles
And I have birds that sing
I have a bird that whistles
And I have birds that sing
I have a bird won't do nothing, oh!
Oh, oh, buy a diamond ring
You know you shook me, baby
You shook me all night long
I know you really, really, did baby
I said you shook me, baby
You shook me all night long
You shook me so hard, baby
You shook me all night long

: Arizona Dream :




A vida como ela é. Por Emir Kusturica.




E a música é fenomenal!

20100813

: Juana Molina :




O CCB apresentou-me esta Senhora Argentina, Juana Molina, que gostei muito de conhecer. Ela faz TODOS os sons sozinha no palco (embora neste video tenha acompanhantes). E põe toda gente a vibrar!


A solo, com uma guitarra, um teclado e uma loop station, Juana Molina é inimitável em concerto. Difícil de categorizar, é dentro do estilo folktrónica que a sua música costuma ser enquadrada.

20100812

: Os [quase] 10 apontamentos :


De malas em punho pra partir de férias para o norte do país e não é que na revisão ao carro nos levaram quase 600 euros!? Quase um ordenado. Ao que, fomos parar a Lisboa. Várias considerações serão necessárias apontar como momentos de fazer doer a bochecha.


Apontamento #1: 01/08 às 12h10. Já não se pode andar na estrada que as rapar'guitas decidem andar-se também por lá. Conclusão: Iamo-nos espetando de carro por causa dum rabo de saias.


Apontamento #2: 01/08 às 16h30. Mijinha no miradouro de Ourique. Molhei os pés. Benfeita para não andares a fazer em tudo quanto é sítio.


Apontamento #3: 01/08 às 20h. Recebo uma mensagem no telemóvel e apita um "pfiiiiiu, taxi!" [quem conhece o tom Cab do Nokia sabe do que falo] e toda gente levantou a cabeça a perguntar-se donde vem este som e que som estranho é esse. E eu [à dissimulada] fiz o mesmo e acompanhado de "o que foi isto?!".

Pairou uma certa inquietação... brr!


Apontamento #4: 01/08 às 20h10. Noori. Engulo o pequeno Noori e deparo-me com um senhor acompanhado do filho e da sobrinha (4 e 9 anos) e tratavam-se todos por "você", inclusivé as criancinhas entre si. No fim, enquanto o senhor arruma o tabuleiro a sobrinha coloca-lhe as seguintes e pertinentes questões: Tio diga lá como se escreve sushi para ver se sabe; e o cavalo tem quantas patas? ...... Ah.. Muito bem tio!


Apontamento #5: 01/08 às 21h45. CCB. Na wc ao lado alguém se peida [como sempre acontece numa wc ao lado] e ela pergunta-me em voz alta [e também à dissimulada] "O que foi isto??"


Apontamento#6: 04/08 às 22h30. Num sítio medonho cheio de pinchas a estacionar carros e embriagadíssimos. Andei uns 300 metros com metade do cu à mostra e ela nem reparou??


Apontamento #7: 05/08 às 14h. Num restaurante japonês [demasiado] formal. Ela sempre a querer manter a pose enquanto eu [metafóricamente] palitava os dentes e me sentava com uma perna debaixo do rabo [esta parte não é metafórica]. Continuando a manter a pose de fina, tira delicadamente o telemóvel da super mala que tem tudo, e colado traz um penso higiénico! E logo era um penso do Continente!


Apontamento #8: 05/08 às 15h30. Enquanto aguardávamos o começo do Contraluz [não me lembrem o facto de ter gasto dinheiro nesta merda]. Atrás de nós estavam duas senhoras dos seus 45 e 65 anos a comer pipocas ruidosamente. De repente a de 45 fez algo e a de 65 diz-lhe [parando de mastigar todas as pipocas que tinha na boca]: "O que é que estás a fazer? Mas que idade é que tu tens? 5??". A de 45: "Sim..". A de 65: "Então amanhã vou-te levar à escola". A criança, com toda a razão: "'Tou de férias..", continuando as duas a mastigar as suas pipocas, sem rir. Eu ri-me alto até chorar! E no intervalo a de 65 prá outra: "Já estou farta de te ouvir a comer".


Apontamento #9: 07/08. Eu: És tão girinha. Ela: Girinho é um bicho! [Acreditando piamente no que estava a dizer. Só queria pôr aqui aqueles bonequinhos ca lágrima no canto]



Umas férias muito produtivas. E girinhas.

: Caules. Frutos. Tempos :




Anoushka Shankar - Red Sun






Duas notas num tempo, um tempo.
Duas notas num tempo, um tempo.

Toca o jambé nos sentidos do Africano. E nos meus.
O corpo pertence à terra e faz jus a esse ideal. Enquanto a luz pede permissão para passar entre as folhas, incita os meus olhos a abrir e me afastar do som das cores flamejantes do sol que saem do instrumento, após cada intensa batida.

Três notas num tempo. Três notas num tempo.

Abandono a luz lá fora e faço subir os meus pés, descalços, pelo caule representante do que somos. O roçar da minha pele na sua dureza liberta o cheiro a castanho da casca dura que corre nas linhas dos meus pés. Promenorizando. Acentuando textura.

A música acelera e na busca de harmonia, o grilo brinca, a criança pousa no ninho, os pássaros discutem no cimo do banco de jardim, as pessoas chilream na relva ainda lamaçenta da água que renasceu para apurar o ar. O comboio flutua, rapidamente na minha linha da vida, o avião assobia acima. E, no bater das asas liberta três penas que caem sobre mim e me despertam.

Três penas num só tempo.
Uma, duas, três.

20100714

E um dia ela disse-me:
Não sei como é que as pessoas não gostam de estar consigo próprias. Eu às vezes quero escrever e não faz sentido porque não quero estar aqui. Quero estar aqui. A sentir.

20100705

: MINIM.MAL SHOW :



Andrea Bocelli - Nessun Dorma




Cada pessoa é um livro. O homem não é uma ilha.

Críticas. Não vou fazer críticas, vou levá-las. Máscaras, superficialidade. Cadeiras vazias só porque não pretendemos na nossa pretensiosidade, mostrar mais do que aquilo que achamos como conveniente. E porque é mais prudente o sentimento ficar encerrado por detrás do pano negro do teatro quotidiano da nossa vida, abotoado sob o egocentrismo claro, mas nem sempre tão visível aos nossos olhos. Porque vemos, não observamos.

Observar e Entrega.



20100517



Hoje, no dia da Luta contra a Homofobia, Portugal esteve em grande.
Muitos parabéns!

20100510

: Pum. Trau :




N U N C A, mas nunca, cheirei uma bufa tão mal cheirosa. Ela chamou-lhe gentilmente de pum mas.. por favor! Ai dei um pum tão mal cheiroso agora! Ainda ela não estava a acabar de proferir aquela frase [que não vou esquecer] e já estávamos todos de nariz tapado a ansiar que aquele fúnebre momento chegasse ao seu fim. Não fosse senão, para nossa infortuna sorte, que o cheiro não desaparecia.. e eu imaginava uma nuvem de fedor a pairar por cima daquela mesa no café/bar cheio de gente! Eu virada pró lado com o nariz tapado, ele abaixado e dizendo detesto cheirar as bufas dos outros e a outra em cima das costas dele sem saber como sair desta. E a da bufa dizia vá também já passou! E, caí no erro de destapar o nariz... não dava para crer! Pela minha saúde, aquela tormenta demorou uns dois minutos. E nunca, mas nunca, cheirei uma bufa tão mal cheirosa in my entire life.





Keep keep keep the car running

20100506

: Do começo ao fim :

Quase parece verdadeiro. Sintam o que sentem. São os ensaios para o filme Do começo ao fim de Aluizio Abranches. Um filme que vai mexer com as mentalidades.



Podem ver o Trailer aqui.

: O êre :





16h30: Estava eu de rabo pro ar a colocar os tapetes novos no carro [meninos e meninas com esta crise encontram 4 tapetes a 5€!] na escuridão do parque de estacionamento e deixei o carrinho de compras atrás do carro, inteligentemente com a moeda lá enfiada. Na na na na, lá vou eu a cantar, subo a passadeira rolante e enfio o carro no lugar.. ao que me sai uma "moeda" de plástico de 50 cêntimos! E o meu euro?? Vou a resmungar por ai fora. Estava desejando de desabafar com alguém como é que é possível as pessoas serem capazes de fazer isto? Porque eu estava estupefacta. Realmente passaram umas 3 famílias com carrinho e, claramente, teriam trocado o carrinho enquanto eu, feliz da vida, tirava os tapetes gastos de dentro do carro. Sinceramente.


19h15: Entro para a banheira, também a cantar, e penso.. ai raio, esqueci-me de trazer o gel duche para a banheira, aquele que eu comprei [pausa acompanhada de cara de questionamento a recordar acontecimentos] Aquele que eu comprei?? Mas eu não o paguei nem o vi no saco! E foi a primeira coisa que pus no carrinho! Mas... quando pus a comida da gata lá dentro não estava gel duche nenhum!


Sim, eu agarrei foi no carro de outra pessoa e dei-lhe o euro de mão beijada.

20100503

: Nas rodas da bicicleta :


video


Dá-nos música.
Enquanto pedalas por essas ruas fora.

De olhos fechados. A calçada ondula pelas tuas rodas. O comboio de janelas expectantes preenchido com gente que não te ouve. Pedala, pedala. Pelo campo de relva acima e flores mais elevadas que tu. E deixa-te esvoaçar no canto do pólen que, pausadamente, te sustém no ar. Amarelo, partículas.
Mas não pares. Papoilas acariciam-te e libertam-te na ondulação que te traz à vida, não recta. A vida.
Pedala, deixa-te levar, sente as cores.

: Semelhanças como puras coincidências #3 :

Tem de se ver as semelhanças quando elas existem. Não me digam que não concordam com..


1. A Senhora da exposição no CCB [Anne Marie Schwarzenbach] e Cate Blanchett





2. Anne Marie Schwarzenbach e o Legendary Tigerman

Hum??












20100430

: Retrato - Férias em Lisboa :


video

Coisas engraçadas acontecem-me em Restaurantes Indianos.


O senhor indiano: Vocês sõ irmõs?
Eu sempre sorridente: Não, somos namoradas. Porquê? Somos parecidas?
O senhor indiano: Sim............ descurpe.

Passados uns dois minutos trouxe o colega pouco discretamente para ver quem eram as meninas lésbicas do restaurante.

No fim, o senhor sempre muito sorridente: Quem paga? Tu ô tu?

20100423

: Aqui estou eu :


Pronto, hoje perdi tempo a fazer isto e aqui está.. aliás, aqui estou eu! [Ah, e a Kotatsu..]

20100419

: 20 minutos :



Hoje passeei à beira-mar, ninguém na praia, nem bafo de vento, mar calmo, a ilha mesmo em frente e todos os cheiros de pássaros, flores e mar mesclou numa eterna relíquia de sentimentos já sentidos anteriormente. Uns 20 minutos de fim de dia que valeram pelo dia todo.


E amanhã vou para Lisboa e aproveitar para esquecer tudo durante uma semana [e seguir muitos conselhos dos vossos blogs que tenho vindo a anotar!]. Não estou cá. Fui.

20100412

: O dia da guitarra eléctrica :

Hoje foi o dia da Guitarra Eléctrica porque inicei hoje as minhas primeiras aulas e porque logo a seguir fui comprar esta maravilhosa guitarra e respectivo amplificador que vai pôr os vizinhos a mexer daqui pra fora. E estou super entusiasmada e a querer aprender tudo. E mais... o Sr. Professor diz que me vai ensinar na área musical que gosto.. ROOOOOOOOOOOOOOCK!



E isto era o que eu gostava de ser daqui a uns tempos enquanto sonho.

20100410

: Gata a cores :

Há muito que não exponho a minha bola de pêlo.. já tá grandita e fez 11 meses!



20100331

: Temptations :

Estou desde cedo de roda do meu projecto e pus as pastas de música de jazz a tocar... até que dá esta maravilhosa música que faz qualquer um parar de trabalhar! Então quis partilhá-la aqui...


Diana krall - Temptation (em Lisboa)

 
O que para vocês é uma tentação?

20100330

: Flores e pássaros e brisas :


 
O que me alegra o cheiro da Primavera!

20100329

: Duas bossas e muito pêlo :

No mesmo dia que fui ao cinema, estava lá uma senhora com a sua filhota de uns 3 ou 4 anos.
A miúda estende-se no colo da mãe e esta abraça-a..
Nos entretantos a mãe diz: bilubilu tu és um bebe não é?
A dita criança: Não sou bebe!
A mãe: Pois, já és uma mulher..
A referida criança: Não sou mu'é!!
A mãezinha: Então és o quê? Assim estás a deixar-me confusa...
[O cinema todo a ouvir a conversa]
A camela: Sou um came'u [camelo]!
Ahahahah o que me ri!!

Ah não mas esperem, isto é sério. Acabei de ler uma frase de Nietzsche que diz “Três transformações do espírito vos menciono: como o espírito se muda em camelo, e o camelo em leão, e o leão, finalmente, em criança".

Afinal a criança tinha razão!

: Tim Burton :


Toda a gente: E não vás ver o filme em 3D, não presta, tá mal feito, aquilo não tem preceitos...
Depois também não vejas em 2D que o filme nem sequer é nada de jeito.
Eu a pensar cá para mim: Chega! Eu vou ver com os meus próprios olhos, não em 3D mas vou ver!
E vi. Porque gosto do Tim Burton, das suas particularidades excêntricas, bonitas. E gostei. É Tim Burton e um filme muito colorido e atraente.
Ver aqui o site oficial [leiam os fun facts.. ah esperem, também tem uns jogos engraçados]


Este filme fez-me relembrar filmes do Sir Tim Burton, como Big Fish, Eduard Scissorhands, Charlie and the cocholate factory, Sweeney Todd, dos quais gostei bastante. O Sir também tem um site oficial muito interessante, portanto não deixem de o ver! Algum destes é o vosso preferido dele?

Aqui o meu canto faz este mês um aninho.. mas já fala!
MUITO OBRIGADA a todos que participam de alguma forma nele.

20100326

: Epicuro :


Todos os dias passo por esta publicidade bem acima lá no alto e contemplo-a. E penso. E penso principalmente porque sei que nem sempre ajo como se me contemplassem. 
A consciência é esse alguém.
E por isso
podemos, apenas segui-la.

20100324

: Egyptian Hip-hop e Foals :


Egyptian Hip-hop - Rad Pitt

.. a voz que me faz lembrar The Cure. Agrada-me.
Mas melhor melhor é este grande som.. para ouvir no máximo de olhos fechados:



Foals - Spanish Sahara

: S. Pedro do bem-norte :


Em S. Pedro do Sul


Obrigada pela partilha de experiências e enriquecimento, também pessoal.



Sérgio Godinho - Às vezes o amor

20100318

Corte radical de cabelo! Agora sim, os meus caracóis são o que merecem ser!

: Dá-me ar :


Annie Lenox - No more i love you's



De alma encerrada na mala carregada na mão, passo a passo, a passos largos piso o chão já por muitos pisado. Por muitos pisado. Pisado o risco. Risco. Uma linha de margens ténues. Mas surge intempestivo o ar frequentador do céu da noite estrelada, que soa a sorriso e sussurra. E me persuade para um dos lados do risco, talvez o risco valioso e o único importante. Teimam em negá-lo, o mundo pára, mas eu sinto o ar intempestivo e leve que me acaricia, porque passa lentamente e deixa a marca da areia pisada e das Azêdas que florescem amarelas, naquilo que pode ser a base do meu ser. E é. Fico feliz por um momento e, com mãos que não me querem largar o ar vai, tal como veio, intempestuoso.
Volta..

20100314

: Os gatos também precisam.. com certeza :



Devendra Banhart - Little yellow spider


Estava eu sentada de sofá concentradíssima na minha música e ouço-a lá dentro a conversar. Mas conversar? Não está mais ninguém em casa!, pensei.
E lá estava ela fechada na despensa com a gata, a ler-lhe as propriedades do anti-bola de pêlo numa espécie de se te explicar pode ser que compreendas a necessidade de comer isto... ".. subprodutos de origem vegetal, derivados de Lactose..". E no final ouço "Vamos embora que amanhã há mais".

Porque não aplicar as regras de educação aos gatos, nomeadamente a explicação da necessidade das coisas........?

20100313

: Noites agradáveis :

Noites muito divertidas! E diferentes. A descrição pelos dedinhos da Verisimile aqui e aqui.
Claro está que também entro nas histórias.. sou as personagens amarela, DJ, Julieta.. a outra personagem que sou não digo porque tenho vergonha. Ah a Caramela também entra! [a roxa e a outra também não digo..]


Pois ora que me inscrevi para Oradora no Projecto Educação da rede ex aequo e a formação será no próximo fim-de-semana em S. Pedro do Sul. Mais alguém vem?!

: Cranberries :


The Cranberries | 10.03.10 | Campo Pequeno

E foi muito bom, muito bom! Prometeram regressar em breve, nomeando Portugal como um dos dois melhores públicos da Europa!
E estávamos mesmo à frente!

20100308



Cheiros e peles misturadas, toque, cabelo entre os dedos. Doce. Olhar nos olhos. Cheiro.

: A quedaça :

Preguei uma queda ainda há bocado à entrada do prédio que quem tivesse visto de fora [e viu] pareceria a maior palhaçada de todos os tempos. O piso está molhado, os sapatos escorregam e trau, zumba no meio do chão! Mas ri-me o tempo todo e penso no quão ridículo é todo o processo desde que se escorrega até que se cai! Porque se sabe que se está a cair e não se pode nada para o evitar e já se tá a decair e depois, chão, na pose mais parva que pode haver. Ah para não falar quando se tem pasta, mala, casaco, chaves e telemóvel na mão..

Tás bem? [ahahaha]
Ahahah, tou.

20100228

: Semelhanças como puras coincidências #2 :


Já chorei a rir na construção deste post.. depois de quase uma hora a escolher as fotos indicadas para apresentar de um post que quero fazer há muito tempo, isto porque não consigo olhar para a dita cuja sem ver a outra dita cuja.. Separadas à nascença, uma enviada para um planeta diferente e a outra permanecendo no espaço [e enviada para a Guerra das Estrelas], alienada... Afinal não eram só dois gémeos, eram três! Mas pensavam que eu não descobria... Pois enganam-se!

Então vejamos, Carrie Fisher e Lena d'Água..




E eis que aquando desta preparação deparo-me com isto! Ao menos não sou a única!
E existe uma prova..



Lena d'Agua - Perto de ti
[após ter descoberto que tinha uma irmã]
E alguém se sensibilizou e.. criou o Ponto de Encontro

20100227

: Grito do Ipiranga :




Ela: Aaaaaaaaaaaaaah... e ai vem outro!
Buaaaa!

: Shutter Island :




Sempre surpresas até ao fim. Superou as minhas expectativas e está mesmo muito bem conseguido. E mais não digo, mas não deixem de ver este filme.

20100222

: 'Bout me #2 :

Sou técnica-todo-terreno, psicóloga, numa associação que trabalha com crianças e jovens em risco e respectivas famílias. A par disso também estou afecta à CPCJ.
E gosto do que faço.
Tive de roubar isto ali do lado..

20100221

: Nos últimos tempos.. :




: Marcas azuis, escuras :


Amiina - Boga



Posta-se diante de mim uma figura simpaticamente aprimorada. Sombra nos braços e chapéu com abas perfeitas.
Desenha uma cidade elegante, vejo-a azul forte, violeta, pincelada de outro azul mais escuro. Um castelo desenhado acima, assumindo postura na cidade. Avizinham-se casas altas, baixas, em linha recta. E de olhos fechados, o reforço do que cintila.
Abaixo, na colina, o que parece ser uma chaminé perfeitamente desenhada afunilidada, redonda na sua base. Perfeita. Ergue-se na sua cor vermelha que deixa de o ser rapidamente. Beira-rio. O azul amplia-se no crescente que ilumina o castelo. O desenho passa-se na mente e encanta-me.
Sinto na folha o relevo dos pormenores. As linhas. As cores. O sorriso calmo.
Viandante. Poderia vaguear por essa cidade de olhos fechados, cheirando a cor e a textura e os meus dedos serem guias dos passos que sigo. Ficou uma marca. Os meus dedos estão azuis escuros. Até hoje. Entranhado.
17Fev10 0h

20100215

: Eightis #1 :


Não troco os 80's por nada.. vou deixando as que gosto.




The Waterboys - The whole of the moon [1985]


Uma música do album This is the sea, dos Waterboys. Este single não teve muito sucesso quando foi lançado, estando sempre no fim da tabela.No entanto, ficou conhecida como a música mais conhecida do grupo. E foi em 1991 que ganhou o prémio Best Song Musically and Lyrically. O assunto constante nesta música, escrita pelo Mike Scott, nunca foi muito claro gerando muitas especulações e opiniões divergentes relativamente ao mesmo - é um tributo a uma figura ou figuras inspiradoras e há quem diga que foi escrita sobre ele mesmo.

: May the Force be with you :






Luke: Mestre, mover pedras é uma coisa. Isto é totalmente diferente.
Mestre Yoda: Não! Não diferente! Só diferente na tua mente... Deves desaprender o que aprendeste.
Luke: Tudo bem, vou tentar.
Meste Yoda: Não! Não tentes... faz, ou não faças... não há tentar...
Luke: Não consigo... é muito grande...
Mestre Yoda: Tamanho não importa... olha para mim... pelo meu tamanho me julgas? Não deverias. Pois a minha aliada é a Força. E uma poderosa aliada é... Cria a vida e fá-la crescer.A sua energia rodeia-nos e une-nos (...) Deves sentir a força à tua volta. Aqui, entre ti, entre mim... a árvore... a rocha... em todo o lugar. Sim, até mesmo entre o solo e aquela nave! (...)
Luke: Eu não acredito...
Mestre Yoda: Foi por isso que falhaste.



Temos andado a ver o Star Wars e as verdades antigas permanecem. Seriamos tão mais felizes se acreditassemos e, mais importante, que depois de acreditar, ainda conseguissemos mudar a forma impregnada com que pensamos e sentimos.

20100214

: 'Bout me #1 :

Quando quero prender o cabelo, faço-o com um lápis.

E há sempre um miúdo que me diz "olha tens um lápis no cabelo!". E eu sorrio.

20100207

: Andrew Thorn :


Estou tão contentinha com este EP que mandei vir da Fnac depois de ter andado a pesquisar o Projecto pelo Myspace. É o Projecto Andrew Thorn dos portugueses João Pedro Coimbra, Jorge Coelho, Miguel Ramos e Jorge Queijo. O primeiro elemento da banda é o mentor dos Mesa e trabalhou com outros grupos musicais, entre eles os agradáveis Coldfinger.

Quem desenhou esta gira capa foi James Marsh, também desenhador para muitos conhecidos internacionais.

Ora parece-me uma boa iniciativa. E ficarei atenta por mais que venha da parte deles.




Me jane - Andrew Thorn

"As variadas influências e aproximações estilísticas revelam-se em estado de maturidade consistente em Andrew Thorn..." 

E têm um cover do Karmacoma dos Massive Attack.. que Tricky também já tinha pegado para chamar Overcome. E está óptimoooo!

20100129

: Lembranças :


Rodrigo Leão - Memórias



Memórias são de todas as cores!


Cegonhagarajau, já que falaste.. Afinal a nossa vida trata-se disto mesmo.. nós somos o que as nossas lembranças fazem de nós. E "fazem de nós" implica as marcas que deixam no nosso cérebro e consequentemente na pessoa que somos. Transformam-nos, mais ou menos. Se não tivessemos caido do barco, recebido aquele abraço, conhecido aquela pessoa, seriamos menos-nós. Seriamos, tal como num mundo paralelo, onde possivelmente se passam os "se's". Aqui somos essas lembranças.
Eu considero a memória dos sentidos algo totalmente fantástico, os flashes em forma de sensações. O mais fascinante é a capacidade do nosso cérebro nos dar a sensação e sentimento produzido por determinada estimulação sensorial e não dar a memória em si.
Eu tenho, caracteristicamente, um olfacto extremamente apurado, pelo que a maioria das minhas memórias são olfactivas. Está comprovado que as memórias que incluem lembrança de odores têm tendência para ser mais intensas e emocionalmente mais fortes, uma vez que estão compreendidas pela parte mais antiga do cérebro.

Posso fechar os olhos e lembrar-me de determinada pessoa, do jantar na casa da minha avó, o champô que usava depois de nadar no mar, pelo cheiro e pela brisa mais suave ou mais densa [nem consigo explicar convenientemente esta sensação]; do filme que vi no cinema sempre associado ao odor da pessoa sentada ao meu lado. E o nosso cérebro faz isto tudo. O Sistema Límbico, localizado no cérebro sempre me despertou mais interesse do que qualquer outra componente cerebral, sendo o responsável pela memória e emoções. Estava no café e alguém entrou. Não vi quem, mas o odor provocou em mim um sentimento de carinho que me fez respirar fundo. E nenhum flash de memória. Mas o sentimento estava produzido. A Amígdala faz parte do dito Sistema Límbico e é o centro identificador e produtor da emoção, associada a uma memória. O Hipocampo, por seu lado retém as memórias. Quando esta última estrutura é danificada pode permanecer apenas a emoção associada, produzida pela Amígdala, emoção essa que esteve outrora relacionada a determinada memória e ao efeito por ela produzido. Isto nem sempre é tão linear porque existem também outras estruturas envolvidas.

E como não temos de nos lembrar de tudo, às vezes fica apenas a emoção relacionada. Eu por cá, não desisto enquanto não recuperar a memória dessa sensação. O cérebro é ou não é uma coisinha interessante?


O cheiro de agrião na sopa lembram-me o jantar na casa da minha avó;
O cheiro a peixe no quintal e a espinha espetada no pé lembra-me a casa na ilha;
O cheiro a flores amarelas secas lembra-me fins-de-tarde;
Um relato de futebol na rádio lembra-me as tardes de Domingo que o meu pai não passava em casa;
O cheiro da madeira lembra-me a casa de "tacos" quando eu era pequena;
A madeira quente misturada com tinta ressequida lembra-me quando me escondia debaixo dos barcos na ilha, onde era a minha casinha;
Chinelos amarelos lembram-me quando quase morri sugada por areias movediças;
Tudo isto me lembra quem sou.

20100126

: Vista da minha cama :


Pena a fotografia nunca representar o que vemos na realidade e deixar o belo tão mais longe. Esta é a vista da minha cama, que muito me agrada.




: Wake up dead woman :




Maria João e Mário Laginha - Wake up dead man



Jesus, Jesus help me
I'm alone in this world
And a fucked up world it is too
Tell me, tell me the story
The one about eternity
And the way it's all gonna be

Wake up, wake up dead man
Wake up, wake up dead man

20100125

: Bloc Party :



Bloc Party - She's hearing voices


Bloc Party. Um dos meus grupos musicais preferidos, o puro indie-rock, retratado nestas quatro personagens - Kele Okereke, Russell Lissack, Gordon Moakes e Matt Tong - que já tive oportunidade de ver num concerto que me levou a voz e a energia. São rapazes bem comportados que não dão nas vistas por maus motivos, o que me faz apreciá-los [ainda mais].

Estes britânicos inspirados por Joy Division, The Cure e Sonic Youth, banham-nos com esta estupenda e positiva energia musical que me vibra a alma. Agarrei-os na Fnac, logo que lançaram o seu primeiro album Silent Alarm, em 2005, tendo cada uma das músicas me convencido imediatamente. Em 2007 lançaram Weekend in the city e em 2008 Intimacy. Gosto especialmente do primeiro e segundo album, mas não deixam de me surpreender. Não deixem de os conhecer!

Em Portugal surgiram com a música Banquet, utilizada para a publicidade à Vodafone:


Pronto, e deixo só mais uma [porque não posso pôr todas]..

Bloc Party - Song for Clay

: She stole my voice :


Crimes que não pensamos que existam ou que sequer queremos acreditar.. Um documentário acerca de violações de lésbicas. She stole my voice, realizado por Justine Chang e Armand Kaye.
Não aconselhado aos mais sensíveis.


Ler mais aqui.

20100124


Aaaaaaaaah! Será isto o meu primeiro cabelo branco???

20100123



[...] Pensa nas nuvens, digo. Mas no fundo não estou a pensar em nada de concreto. Continuo, pura e simplesmente, a correr nesse confortável vazio que me é tão familiar, no interior do meu nostálgico silêncio. E isso é qualquer coisa de profundamente maravilhoso. Digam o que disserem.

Haruki Murakami, em Auto-Retrato do Escritor




Lovin' Spoonful - Didn't want to have to do it

20100121

: Cores vitais :


Limerick, Irlanda - Fev. 2009




os meus Blonde Redhead - Girl Boy


Todos os dias têm sido iguais. Alegra-me a vista que tenho da minha cama.. Ilha sozinha no meio do mar, o mar, o melro preto escuro de bico laranja forte que saltita pelos telhados verdes vivos do musgo, os restantes pássaros castanhos amarelos dourados que brincam com as penas ferventes do sol, o sol que aquece árvores sorridentes e faz florescer o bom estado de espírito de quem passar. Não posso pisar a rua mas recordo-me do odor lançado pelo esvoaçar do meu cabelo castanho por força ruivo, que provoca o vento que sai da toca e faz subir o sol universal, que faz respirar e cantar os pássaros e crescer folhas nas árvores, rapidamente. Verde claro, médio e escuro forte.


Acabei de ser prendada com Smarties Com Cores da Natureza, eheh!

20100120

: Abraçar a vida :




Seu Jorge - Life on Mars

: Pneus para trocar :


No dia 14 fiz o teste da gripe A. Não tenho. A febre a subir.. a medicação não faz efeito. No dia 15 vou ao Centro de Saúde e digo que não tenho melhorado. Mandam-me de novo para a Equipa da Gripe. Perguntei se estavam a brincar - "minha senhora acabei de lhe dizer que o teste deu negativo..." ao que em dois segundos tenho a administrativa a fazer o diagnóstico de um falso negativo. Por contravontade fui para a Equipa da Gripe que me mandou de volta. Lá me atenderam. Faça lá xixi para este copinho, diz o Sr. Doutor. Você tem aqui uns leucócitos e isto deve ser um princípio de infecção urinária. Tome também este antibiótico.

No dia 18 estava lá caída com uma grande falta de ar e depois da triagem os médicos dizem-me que não me vão atender e para eu voltar no dia seguinte que é o horário de atendimento do meu médico de família.. Eu disse que não saia dali! Se estou com falta de ar tenho razão para ali estar. Uma enfermeira era a única preocupada e lá conseguiu arrancar um médico da sala que me mandou imediatamente fazer um Rx ao Tórax. PNEUMONIA.


Era o princípio de Pneumonia e não de uma Infecção urinária you f***in' idiots. Vou começar a escrever a reclamação.

Mas vou sorrir porque podia ser pior!