20090829

: Pulsar :





Ashram - Maria and the violin´s string






Ao menos o coração podia pulsar à velocidade com que bate. Ao menos podia.
Aperta, esgana, debate, procura. Mas não à mesma velocidade com que bate.

20090824


El juego de la oca.

: Música que me provoca :


A música é realmente algo que me alimenta a alma, tanto que nem consigo transmiti-lo por palavaras. A boa música deixa-me no estado nirvana.. e nada melhor do que esta brilhante música para transmitir o que sinto! [não com a qualidade que queria]


The Cult - Nirvana [1985]



"I float through day and night life,
well most of the time
Till I hung up my blues on a nail in your wall
It rained flowers when the music began
Love all around when the music is loud

Every day, nirvana
Always this way, yeah, yeah, yeah
I wish that every day, nirvana
Always this way

I'm not looking for girls or cheap thrills and pills
Or happy to sit on your merry-go-round, no, no
I don't think there's an easy way out of here
But when the music is loud, we all get down"

20090823

: In :




Franz Liszt - Liebestraum






De onde estou sentada posso assistir a dois espectáculos - olhar as estrelas naquele quadrado de céu ou assistir ao teatro que surge à minha frente. Diferentes olhares viram tudo aquilo de forma diferente da minha. E ai está o cerne da questão.

Romer, romer, who are you? No one.

Uma simples pergunta, que pode obter diferentes respostas. Depende de quem a questiona, de quem a recepciona, da forma como se recepciona. Pretende-nos questionar o que é o teatro, quem é sua parte integrante, o que é a sua parte integrante, de que formas pode ser interpretado e de que forma pode ser transmitido.

A forma como esta hora e meia de espectáculo é transmitida usando-se duma hipérbole, ao mesmo tempo não o sendo, faz todo o sentido. No fundo todas as ideias ali projectadas não são mais do que o teatro nos dias de hoje, nu e cru.

E IN, é uma forma diferente de ver o teatro. "Este espectáculo baseia-se na nossa convicção de que o teatro, dentro da sua imensa diversidade de possibilidades, não tem de ser nem pode nunca ser uma seca para ninguém. É tudo uma questão de abordagem e de atitude".


Por isso, apreciem-no apenas.

20090819





Heis outro trabalho que gosto muito. Ray LaMontagne.

20090818

: Outras artes da maçã :



Este anúncio é lindo, principalmente pela música que lhe é associada. Aqui fica a Sra. Holly Throsby que tem um trabalho bastante agradável e relaxante. E não, ainda não bebi Sumol Bliss, mas depois disto tenho de provar.



Holly Throsby - Now I love someone

20090813

: Eire :


Em Fevereiro deste ano tive o prazer de finalmente conhecer a Irlanda. A natureza, o verde, a história, a cultura Celta, as pessoas simpáticas e bem apresentadas, os pássaros, a música tradicional, os pubs, os castelos. Gostei mesmo muito.


No meio destas coisas bonitas, ainda tive tempo de perder a minha carteira com os documentos que me fariam regressar a Portugal. Mas depois de muitas horas sem dormir e contactos para cá, o problema ficou resolvido e lá consegui regressar. Não, não foi uma história pequena, mas posso dizer que tive os Irlandeses a ajudarem-me em tudo o que podiam. Se um dia for morar para fora é para lá que vou. Continuo a achar que já lá vivi noutra vida.


Deixo fotos de Dublin:



... de Adare:



... de Limerick:




20090804

: 100 pedaços meus :

O Post #100. Chego aos 100 e faço a restrospectiva do que foram estes poucos meses. Começo a lê-los e encontro alguns que gostei especialmente de escrever ou que tiveram mais significado para mim e mais emoção envolvida. E aqui fica a minha selecção de 10..


10. Hum?




Porque tudo tem uma uma razão de ser, um significado. Tudo faz sentido. Música, palavras, imagens. Memórias.



Placebo - I know [1996]


Falava-se de pessoas e namoros, pessoas no namoro.
As pessoas não mudam. Pelo menos não de uma forma relevante.

House M.D.