20090614

Hum?


É engraçado às vezes ouvirmos coisas [no mínimo] curiosas que nos fazem rir mesmo de vontade. Coisas que não têm pés nem cabeça, atingidas pela santa ingenuidade. Eu às vezes também faço dessas [agora não estou recordada mas quem me quiser recordar..].


1. Temos a rapar'guita que me diz not eve [a qual mereceu um Ensaio];
2. Aquela que ao sair da biblioteca:
Eu: Eu gosto do Slide&Splash [um parque aquático no Algarve]
Ela: Não conheço, que perfume é esse?
Todos: Riso geral e seu consequente mau humor;
3. Temos também uma rapariga que pede um croissant misto, mas tem de ser com queijo e fiambre;
4. Uma outra que tem por hábito comprar o sumo de 40, [que se comprava no ciclo] mas nesse dia decidiu perguntar quanto era o sumo de 40 [40 escudos, portanto];
5. A colega que entra pela sala de aulas às 8h30 da manhã e eu digo-lhe "acorda mulher".. e ela limita-se a mover a cabeça para baixo e questionar "qual corda?", olhando para "a_corda" das calças, verificando se estava bem presa [se calhar não me devia ter metido com ela a esta hora];
6. Tinhamos uma Professora de Inglês preta e após nos entregar os testes [a quase todos], a Bela olha em roda e diz espontaneamente "E eu sou preta?". Ao que a Professora responde "tem alguma coisa contra os pretos Isabel?". Ela ficou de todas as cores;
7. Temos a mesma Bela que chegou 15 minutos atrasada à aula de Química no 11º ano e muito reclamava irritada, "Desculpe Professora mas aquele homem é maluco! Fui bater-lhe à porta e ele disse-me que me tinha enganado na sala mas eu insisti com ele que aquela era a sala onde eu tinha aulas. E depois dum bate-boca é que me mandou para aqui, porque vocês tinham mudado de sala afinal. Estúpido pah!". A Professora ouviu tudo até ao fim e disse "Aquele maluco Bela, é o meu marido".
8. "Não, agora o prazo do meu mail já espirrou".
9. A mais recente é a minha amiga embriagada que me diz que a Parfois do shopping ainda não abriu, mas que também não faz mal porque assim como assim nem gosta muito dos perfumes da Parfois.


Claro que ainda devem haver mais, mas vou começar a anotar no meu caderninho no momento. Só eu é que ouço coisas destas ou mais alguém tem o que contar?

6 comentários:

  1. Hahahaha! Agora é que me ri, mesmo com vontade.
    Estás inspirada, estou a ver... Ou melhor, quem está a teu redor é que anda muito inspirado. :P

    ResponderEliminar
  2. posso relembrar-te uma: "Ai &%$#=" temos de limpar o quarto!" - dizes tu muito admirada quando colocas o olho num daqueles papelitos que se encontram pendurados na maçaneta das portas dos quartos de hotel... e mais não digo :P

    ResponderEliminar
  3. ahahah essa do quarto ta de morte, ma tenho uma muito boa e em viagem também... Ora então estamos nós no aeroporto a passar as malas de mão, onde diga-se não podem entrar líquidos (entre outras coisas) mas aki o importante são os liquidos. E vai a bela da rapariga com duas garrafas de água na mão e mais iogurtes toda lançada a passar e eis que o segurança lhe diz... menina, não pode levar esses líquidos todos. Entre resmungos e bufadelas, tão características da rapariga (quem a conhece sabe do que falo)la vai ela beber um iogurte à pressa e tenta de novo entrar com as aguas na mão, altura em que é novamente impedida pelo segurança. Bastante indignada argumenta com ele... "mas dizia que podíamos levar frascos de 100ml, pelo menos uma garrafa posso levar, so tem 75"... e o segurança... "ai só tem 75?" e a rapariga... "sim, olhe lá, 75 cl diz aqui"... ao que finalmente depois de todas as outras estarem a rir ao apreciar a figurinha "inocente".. ela lá percebeu finalmente que 75ml é diferente de 75cl.. uma lição de vida :)
    Haverão muitos mais momentos destes com certeza mas.. de momento ficou este :P

    ResponderEliminar
  4. Até chorei a rir.. mas com a descrição está claro... ai muito bom! Pois é!

    ResponderEliminar
  5. ah manguita fecha a carteira manguita!! E não penses que a cigana te dá o troco manguita! Oh céus!!!! Te van a matar!!!

    ResponderEliminar
  6. Assim como aquela que vê um placard na estrada de Faro fazendo publicidade a obras públicas e que assinava FEDER (instituição governamental), volta-se para mim e pergunta:"Como é que já sabiam que aqui cheirava tão mal (que vem de feder)?"

    ResponderEliminar