20090518

Relaxe total


A criancinha de [não mais que] ano e meio, estagna à minha frente e olha para um pé e para o outro, tal é estranheza que aquele chouriço [sim, o meu pé] causa na pobre criança. E, de repente, o papel reverte-se e sou eu a olhar para ela, estagnada. Faz uma cara de quem parece que vai rebentar, franze a cara e só vejo dois dentinhos de fora e os olhos semi-cerrados, mantendo-se assim durante uns segundos. A mãe da criança, automaticamente espreita a sua fralda.. Terão acabado de cagar à minha frente?? Magana moça, mai' desavergonhada.

1 comentário:

  1. ai o que me ri :D muito boa a descrição e acaba de uma forma que é só tua, não imaginaria mais ninguém a combinar tais expressões da forma que o fizeste! Consigo ver-te a dizê-lo ;)

    ResponderEliminar