20090529

Noite



Maximilian Hecker - I'll be a virgin, I'll be a mountain






Na varanda. Cheira a noite. E a noite agrada-me. A noite tem outro brio. E está frio mas este frio não me incomoda. Porque é de noite.
Cheira a vegetação da praia.

As andorinhas bebés dormem, quentes, no ninho, enquanto cá fora eu permaneço de olhos fechados. A sentir. Tudo. Poderia dizer que estou só. Mas são demasiadas sensações.

Não sei o que sinto pela lua. Fascínio?

As ondas ouvem-se a quilómetros daqui e eu deixo de me sentir nesta calmaria e transporto-me para lá. E consigo vê-las e sentir as pingas de água ao leve no meu corpo. Mas uma lataria velha aponta o norte, numa das chaminés. E chia. É o sinal do vento que também passa.

Fecho os olhos e um coração bate a meu lado. Não poderia ter frio.

2 comentários:

  1. :) Gostei imenso da música!... Na noite nos encontramos com os nosso pensamentos e sob o luar somos mais capazes de fechar os olhos e, ainda acordados, sentir o bater verdadeiro do nosso coração.
    Bom fim-de-semana.
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. "My thoughts are flowing
    My love is growing
    My dreams have ended
    And my soul is stranded
    I'll leave my island
    I'll swim to you
    I'll leave my prison
    To swim to you
    I'll be a virgin
    When I reach you
    I'll be a mountain
    When I touch you"

    ResponderEliminar