20090320

Crónica do ser humano



Eu não sou mais do que um simples caminho por onde passa o homem que eu sou.


Haruki Murakami - Crónica do Pássaro de Corda


Este homem é extraordinário e apesar de uma escrita com todo um envolvimento ilusório/fora de qualquer realidade não pode haver forma mais real de retratar a vivência humana, os sentimentos subjacentes, o ser humano em si. Todos os pormenores surreais levam a questionar-nos enquanto pessoas. É uma metáfora às nossas experiências mais íntimas.


"Murakami entrelaça as diferentes camadas de realidade que dão forma à sua prosa, criando uma obra com a textura da seda, pontuada de reflexos de uma beleza ilusória". Independent on Sunday
"Murakami é um forjador de mitos para o milénio, dono de uma sábia pretensão". New York Times Book Review
"Uma experiência difícil de esquecer". El País
... E quanto a mim, assino por baixo.

1 comentário:

  1. Excelente para reflexão existencial do ser humano. Na mesma linha de pensamento aconselho-te "O Papalagui": se considerarmos a relatividade cultural, dá-nos oportunidade de reflectir sobre nós próprios.

    Beijos,

    Cláudia

    ResponderEliminar